Prazo para emendas parlamentares encerra na próxima semana

Previsão de gastos dos vereadores de Rio Branco para 2022 é de R$ 1,4 bilhão

Luanna Lins para Agazeta.net

A partir da última terça-feira, 9, os vereadores de Rio Branco têm dez dias para apresentar emendas ao orçamento da Prefeitura Municipal de Rio Branco para o próximo ano. Com a previsão de gastos na ordem de R$ 1,4 bilhão, o prefeito Tião Bocalom (PSL) direciona boa parte dos recursos para as obras. Todas as emendas devem ser apresentadas à mesa diretora, que colocará em votação.

As áreas de educação e saúde, juntas, receberão quase a metade de todo o valor orçado para 2022, mas nesse caso a prefeitura precisa aplicar valores já determinados pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ). É necessário verificar os valores para os dois setores mais importantes: se não houver dinheiro a mais para investimentos na saúde e educação, não haverá bons serviços.

“Há escolas que não têm nem um fogão para fazer uma merenda adequada aos estudantes. Em relação à saúde, precisamos verificar a questão do investimento na estrutura, aquisição de medicamentos e recursos financeiros para pagar os profissionais que estão há quatro anos com o salário congelado. Entraremos com uma emenda, caso essa questão não seja contemplada”, disse o vereador Adailton Cruz (PSB).

Os vereadores podem tentar alterar valores de secretarias, priorizando algum serviço ou obra. Os parlamentares também devem apresentar, nesse período, as emendas individuais. Cada vereador pode repassar para uma entidade, ou dividir entre outros órgãos, o valor de 68 mil reais, dinheiro que a prefeitura é obrigada a repassar no próximo ano. Mas, para isso, a entidade precisa ser registrada, pública e não ter problemas com prestação de contas e documentos.

Com informações de Adailson Oliveira

Deixe uma resposta