240118-cotidiano-sebrae-contas-mei

Prazo para MEI regularizar situação é prorrogado

Sebrae está disponível para dar assistência

O número de inadimplentes junto ao fisco é elevado. Para evitar problemas a esses microempreendedores, o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços prorrogou até a próxima sexta-feira (26) o prazo para quitação das dívidas de quem não fez nenhum pagamento dos impostos nos três últimos anos.

“Ao ser suspenso ele pode perder esse CNPJ. […] Então, esse prazo existe, é importante que ele venha porque no Sebrae nós damos apoio a ele, nós estamos aqui exatamente para ajuda-los a fazer esse trabalho e é interessante que ele venha para q eu ele possa continuar com seu CNPJ e trabalhando com ele,” disso o analista técnico do Sebrae, Claudio Roberto Araújo.

A quitação em dias das dívidas junto ao fisco garantem alguns benefícios junto ao INSS, como exemplo: auxilio a saúde, licença maternidade.

Juci Pereira faz pizzas em casa e entrega a domicilio, sendo esta sua única fonte de renda. Para sair da informalidade ela virou Microempreendedora Individual (Mei).

Como possui CNPJ, Juci paga por mês 5% do valor de um salário mínimo para a previdência social e mais R$ 6,00 de outros dois impostos estaduais, isso garantiu a ela a licença maternidade por 4 meses. “Minha vantagem é que eu tive que ficar afastada 4 meses pela gravidez, já que tive neném há pouco tempo, e fiquei recebendo durante os 4 meses. Vale a pena, é uma vantagem boa. Se eu adoecer, tiver um acidente, tiver que me afastar, pelo menos a minha renda não é prejudicada.”

Para quem não quer perder o CNPJ da empresa, deve procurar a sede do Sebrae, no centro, um contador ou acessar o endereço eletrônico: portaldoempreendedor.gov.br.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*