prefeitoplacido

Prefeito de Plácido de Castro aciona na justiça enfermeiro que usava seu CRM

Investigações do Ministério Público da Bahia desvendou o crime

Na manhã desta segunda-feira, 01, o médico Roney Firmino, atualmente prefeito de Plácido de Castro, procurou a sede do Conselho Regional de Medicina, CRM, para fazer representação contra o enfermeiro Luiz Carlos Milho.

Investigações do Ministério Público da Bahia apontaram que Luiz Carlos utilizava o nome e o registro no CRM do médico acreano. Há pelos menos um ano, o falso médico trabalhava no único hospital do município baiano de Rio do Píres.

“Estou aqui no CRM para esclarecer o que realmente aconteceu. Jamais estive naquele lugar a trabalho. Vou reunir provas e enviar ao Conselho Regional de Medicina da Bahia”, afirma o prefeito.

Roney Firmino também já acionou a justiça contra o enfermeiro. “Meu advogado está vendo todos os trâmites. Vou processá-lo por danos morais”, disse.

Em 2012, o prefeito de Plácido de Castro teve problemas com a Receita Federal. Por não ter declarado parte do imposto de renda, o médico foi multado em R$ 127 mil. Roney recorreu, mas ainda vai ter que pagar R$ 18 mil.

O prefeito afirma conhecer o enfermeiro. Os dois trabalharam juntos há 3 anos em outra cidade baiana. Roney disse que ficou surpreso e questiona a maneira de como o falso médico foi contratado.

“Como alguém pode contratar sem antes exigir nenhum documento que comprove se a pessoa é realmente um profissional da área? Acredito que nesse caso alguém possa estar por trás, talvez o diretor do hospital, não sei”, finalizou.

Deixe uma resposta