Banner PrestacaoContas

Candidato terá prestação de contas assinada por contador

Justiça Eleitoral quer evitar problemas do passado

Os contadores, advogados e candidatos tiveram a chance, nesta segunda-feira, 14, de participar de um curso preparatório de como fazer a prestação de contas de campanha.

O evento foi promovido pela Ordem dos Advogados do Brasil e Conselho Estadual de Contabilidade e contou com a participação de técnicos do Tribunal Regional Eleitoral.
Os candidatos vão ter que fazer três prestações de contas. Duas delas, durante a campanha, são parciais, e devem ser entregues nos últimos dias dos meses de julho e agosto. A prestação de contas principal no dia 4 de novembro.

Nessa eleição, a Justiça Eleitoral está fazendo duas exigências a mais na prestação de contas final. Devem ser apresentados os documentos mostrando quanto foi arrecadado, onde e como foi gasto o recurso de campanha, e todos devem estar assinados por um advogado e um contador.

A Justiça Eleitoral quer evitar alguns problemas que aconteciam no passado, quando os candidatos não informavam corretamente os gastos de campanha.
Além de abrir um novo mercado para contadores e advogados, o novo modelo de prestação de contas traz mais responsabilidade para essas categorias. Se houver alguma irregularidade, o candidato, o contador e o advogado respondem solidariamente na Justiça e perante seu órgão fiscalizador.

Deixe uma resposta