011217-politica-nova-corregedora-mp

Procuradora Kátia Rejane é escolhida com 95% de aprovação

Ela assume o cargo de procurador-geral

Procuradores e promotores de Justiça do Ministério Público do Estado do Acre (MPAC) votaram nesta quinta-feira, 30, e escolheram unanimemente, com 95% de aprovação, a procuradora de Justiça Kátia Rejane de Araújo Rodrigues para o cargo de procurador-geral de Justiça no biênio 2018-2020. Sendo candidata única ao pleito, Kátia Rejane é a atual corregedora-geral do MPAC.

A votação realizada na Sala de Sessões dos Órgãos Colegiados, em Rio Branco, de 08h às 17h, foi aberta pelo procurador-geral de Justiça Oswaldo D’Albuquerque Lima Neto, primeiro membro a votar pela manhã. A Comissão Eleitoral, presidida pela decana, procuradora de Justiça Giselle Mubarac, divulgou que de 81 votos, Kátia Rejane obteve 76, tendo ainda, no processo, três abstenções.

Para a procuradora de Justiça, a escolha unânime é extremamente positiva e representa o amadurecimento da classe e os resultados do trabalho desenvolvido durante os últimos anos, cujo trabalho resultou na construção de um Ministério Público forte e coeso. “A minha eleição hoje representa isso: o resultado de todos os esforços empreendidos pelas gestões anteriores, principalmente da época do Dr. Sammy Barbosa, da Dra. Patrícia Rego e do Dr. Oswaldo D’Albuquerque. Eu fico feliz não só por ter sido candidata única, mas por perceber esse amadurecimento institucional e o resultado de um trabalho feito em conjunto”, ressaltou Kátia Rejane.

O procurador-geral de Justiça, Oswaldo D’Albuquerque, destacou sua admiração e reconhecimento em favor da trajetória profissional de Kátia Rejane, e ressaltou que a escolha representa o reconhecimento da classe pelo trabalho desenvolvido nos últimos quatro anos.

“Eu me sinto muito feliz por estar participando deste momento e quero reforçar a certeza que tenho, de que o Ministério Público continuará avançando constantemente na defesa da nossa sociedade e na garantia dos direitos do cidadão”, afirmou Oswaldo D’Albuquerque.

Próximos passos para a efetivação da escolha

Após receber o resultado das eleições por parte da Comissão Eleitoral, o procurador-geral de Justiça Oswaldo D’Albuquerque, já encaminhou o resultado oficial ao governador Tião Viana, a quem compete, nos termos da Constituição Federal, efetivar a nomeação em até 15 dias. A posse ocorrerá no dia 29 de janeiro de 2018.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*