100217-politica-residencialandira-cleriston

Residencial Andirá: prejuízo de mais de R$ 1,5 milhão

Roubos, vandalismo e lentidão do poder público

A secretária de Estado de Habitação, Janaína Guedes, admitiu que os prejuízos com o Residencial Andirá já ultrapassam R$ 1,5 milhão. São 344 unidades habitacionais que estão sendo depenadas, sobretudo nos últimos dois anos quando diminuíram os repasses do Governo Federal para a conclusão das obras.

O Governo do Acre pleiteou empréstimo junto à Caixa Econômica Federal de R$ 155 milhões para aplicação em politica habitacional. Desse montante, R$ 5 milhões serão destinados ao Residencial Andirá. A liberação dos recursos depende da autorização da Secretaria do Tesouro Nacional.

Há duas empresas que estão contratadas para a execução da obra. Mesmo com reuniões semanais entre a Sehab e os empresários, a dívida não é sanada e as empresas vão acumulando dívidas.

A expectativa é que até o fim de março as obras sejam retomadas. Sem recursos próprios para concluir a obra, o Governo do Acre condiciona a continuidade dos trabalhos à liberação dos recursos por parte do STN.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*