150318-politica-agradecimentoparlamentares-tvgazeta

Ressaca: um dia na Aleac após derrotas ao governo

Centrais sindicais agradeceram parlamentares

Depois de dois dias de manifestos, hoje foi dia de comemorar. Os servidores da Saúde prepararam um café da manhã na Assembleia Legislativa.

Nessa terça-feira e quarta-feira, foram duas vitórias contra o governo. Primeiro, o veto ao projeto que acabava com o Pró-Saúde e ontem (14) a derrubada da lei que terceirizava os serviços na Saúde.

Os sindicalistas foram agradecer aos deputados que votaram com os trabalhadores, em especial, dois, que, mesmo da base do governo, foram contra as determinações de Tião Viana: Jenilson Leite e Raimundinho da Saúde.

Para Raimundinho da Saúde, a decisão de votar contra não é para afrontar o governo, mas, de responsabilidade do sistema de Saúde do Estado que precisa de melhorias, e, no entanto, uma OS não aparece como a melhor solução nesse momento.

“Precisamos ser cautelosos quando o assunto é Saúde. Não é questão de legalidade. Sabemos que existem OS’s que deram certo. Mas, será que é o melhor para o Acre? Isso precisa ser respondido com todas as garantias”, questionou.

Já na sessão dessa quinta-feira, pouca movimentação. A oposição foi em peso, mas os líderes do governo nem apareceram. O deputado Daniel Zen, na sessão de ontem, saiu enfurecido com o esquema montado pela oposição.

Dois deputados chegaram de última hora e garantiram a derrota do governo. O deputado Zen queria a anulação da votação. Não conseguiu e sobrou ofensas aos colegas de oposição, chamando um grupo de moleques.

Nessa sexta-feira, o sindicato da Saúde vai ingressar uma ação de reintegração de 372 servidores do Pró-Saúde que foram demitidos. Com a derrubada do veto do governo, o Pró-Saúde passa a ser uma autarquia.

O governo deve entrar com uma ação de inconstitucionalidade em relação à lei promulgada pela Assembleia Legislativa. Nesse período, deve manter a política de demissão.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*