2909-politica-bandeira-purusonline.blogspot

Revolução Acreana é lembrada no Senado

Acre comemora hoje 113 anos de Revolução

O senador Jorge Viana registrou em Plenário, nesta quinta-feira (6), os 113 anos da Revolução Acriana liderada pelo gaúcho Plácido de Castro, à frente de um “exército de seringueiros”.

O feito resultou na expulsão dos bolivianos da área e a inclusão do Acre no território brasileiro. “A partir dali, no dia 6 de agosto, os revolucionários criariam uma nova identidade e consolidaram o Acre como parte do território brasileiro,” ressaltou.

O parlamentar lembrou que, naquela época, a borracha era o terceiro produto na pauta de exportações do país. Como o Acre era o maior produtor de látex da região, isso despertava o interesse econômico dos bolivianos, que dominavam a área, pela exploração da atividade.

Para Jorge Viana, o caso tornou-se um exemplo de como é possível encontrar saídas para conflitos que parecem não ter solução, pois a questão foi solucionada pela engenhosidade da diplomacia brasileira, sem o uso dar armas.

“O Barão do Rio Branco construiu, apesar das dificuldades de acesso a dados e informações, como dispomos hoje, um acordo, o famoso Tratado de Petrópolis. Com isso, o Acre passou a fazer parte do território brasileiro, num entendimento com o povo irmão boliviano”, finalizou Viana.

Deixe uma resposta