duarte30082014

Roberto Duarte se solidariza a estudante morta

Roberto Duarte se solidariza a estudante morta por criminosos

O candidato ao Senado pela Coligação Produzir para Empregar, advogado Roberto Duarte, se solidarizou à família de uma jovem de 15 anos, assassinada covardemente no Bairro Conquista, nesta semana. A O candidato obteve informações de que a quadrilha que invadiu a residência da vítima para roubar pode ter menores envolvidos. Duarte reforçou a proposta de redução da maioridade penal como solução para diminuir a sensação de impunidade existente no país.

Duarte participaria da passeata promovida pelos estudantes da Escola João Aguiar, em homenagem à aluna, mas ele cumpre agenda no interior do estado. “Se uma pessoa, menor de 18 anos pode trabalhar, contratar, casar, matar, roubar, estuprar, constituir família e votar, por que não pode então responder por seus crimes na cadeia?”, disse ele “Toda quadrilha tem um menor para cometer crimes bárbaros como este”, afirmou o advogado. O pai e o irmão da estudante foram baleados também e estão fora de perigo. .

Na avaliação de Duarte, o adolescente, ao saber que não receberá as mesmas penas de um adulto, não se inibe em cometer mais atos criminosos. Isso alimenta, segundo ele, uma sensação de impunidade. “Quantas famílias ainda serão destruídas? Como resultado desse sistema, infelizmente, temos uma sociedade que convive diariamente com o pavor, sem que o Estado Brasileiro faça nada para por fim a tudo isso”.

“Não se respeita o maior de todos os direitos, que é o direito à vida. Quando se comete um crime bárbaro, os ativistas de direitos humanos lutam pelos direitos dos criminosos, ao invés de lutar pelo direito de suas vítimas – que são as merecedoras em ter seus direitos humanos defendidos”.

Ainda segundo Roberto Duarte, quase 90% da população brasileira é a favor da redução da maioridade penal. “Vivemos numa democracia e a verdadeira vontade do povo é colocar esses criminosos atrás das grades. Estamos cansados de pagar impostos para o governo criar essas instituições que só aparecem na hora que ocorre uma grande rebelião. Os brasileiros clamam por isso porque essa situação a muito já saiu do controle”. Enquanto a Nação não prover os brasileiros de uma educação de qualidade, empregos, saúde e outros serviços essenciais, ou seja, ser verdadeiramente um Estado Social, temos que tomar algumas medidas para conter o crescimento da criminalidade, que é alarmante entre pessoas desta idade”, disse o candidato

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*