2908-politica-segurancaeleicoes

Segurança nas eleições é tema de reunião promovida pelo TRE

Ações articuladas entre instituições foram planejadas

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) realizou na manhã desta sexta-feira uma reunião para tratar da segurança nas eleições. Os esforços no dia 5 de outubro estarão concentrados em evitar a aglomeração de pessoas próximo aos locais de votação e também a boca de urna.

Desde que iniciou a campanha eleitoral o TRE já recebeu cerca de 200 denúncias de irregularidades praticadas por candidatos. Segundo o juiz da propaganda, Anastácio Menezes, a fiscalização está atenta aos atos públicos e estratégias de campanha onde os abusos acontecem.

“No bandeiraço, por exemplo, é comum as pessoas bloquearem o trânsito. O problema também é quando o carro de som fica com volume alto próximo de escolas, atrapalhando as aulas. Também ocorrem brigas, agressões físicas. Todos esses transtornos queremos evitar”, comentou Menezes.

Até o dia das eleições, o TRE vai fiscalizar possíveis abusos, mas no dia 5 de outubro, os esforços precisam se concentrar no sentido de evitar as tradicionais aglomerações de pessoas próximas aos locais de votação e a boca de urna, além de outros crimes eleitorais. Para traçar estratégias e facilitar a comunicação entre as instituições de segurança, o TRE promoveu nesta sexta-feira uma reunião com vários órgãos e instituições.

Participaram representantes das polícias federal, civil e militar, gestores de segurança pública, juízes, promotores e Fundação nacional do índio (Funai). Os representantes da Funai participaram das discussões sobre a realização das eleições nas aldeias indígenas. A meta é que todos trabalhem de forma integrada para garantir eficácia às ações necessárias a lisura e à segurança das eleições 2014.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*