150317-politica-servidoresaleac-tvgazeta

Servidores da Aleac cruzam os braços e pedem reajuste

Ato dos servidores paralisou sessão desta quarta-feira

Os servidores da Assembleia Legislativa do Acre paralisaram as atividades e impediram a realização da sessão desta quarta-feira (15). O movimento foi para reivindicar reajuste salarial.

Os taquígrafos abandonaram a Mesa Diretora e os outros deixaram as salas vazias. A movimentação começou bem antes do horário regimental. Sem funcionários, os deputados atrasaram o horário até ultrapassar o horário regimental de início da sessão. Reuniões entre parlamentares foram convocadas às pressas, enquanto a galeria ia se enchendo de servidores protestando.

Eles reclamam que não têm reajustes há quatro anos e que o desconto para a previdência aumentou de 11 para 14%. O ato que impediu a realização da sessão provocou uma série de movimentos para tentar acalmar os ânimos e garantir a realização da sessão de quinta-feira.

O presidente da Aleac, Ney Amorim, convocou o Tribunal de Contas do Estado (TCE) para uma reunião com o sindicato dos funcionários da casa para apresentar os números da saúde financeira do poder.

“Vivemos um momento de dificuldade do ponto de vista financeiro. Os próprios servidores sabem disso, mas estão cumprindo e fazendo o papel deles e acho que isso é uma coisa que se resolve numa mesa de negociação com muito diálogo, muito entendimento e muita conversa”, disse Amorim.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*