260218-politica-luta-justica-lupus 1

Sesacre informa que remédio para lúpus já está disponível

Pacientes com decisão judicial já podem pegar a medicação

O site Agazeta.net mostrou a situação de pacientes que estão em tratamento de lúpus reclamando de dificuldade no acesso a medicamentos contra a doença. De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde os remédios chegaram nesta segunda-feira (26) e já iniciou a distribuição aos pacientes.

Sem acesso aos medicamentos de tratamento de lúpus (doença crônica auto imune), pacientes apelam ao poder público e à justiça.

Algumas pessoas estão há meses e até anos aguardando resposta judicial ao pedido por remédio que controle a doença. Outros já têm ordem da justiça para que o Estado forneça os medicamentos, mas a resposta é que estão em falta.
Mas de acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, os medicamentos de tratamento do lúpus chegaram, estão sendo separados e alguns, liberados pelo Núcleo de demandas extraordinárias.

Segundo a responsável pelo setor, Poliana Aguiar, só são atendidas demandas judiciais de pacientes que não estão dentro do protocolo estabelecido pelo Ministério da saúde. Os critérios para disponibilizar os medicamentos incluem apresentação de exames, laudos médicos e receitas. Tudo isso para comprovar que a pessoa tem a doença.

A partir desta segunda-feira, segundo Poliana, os pacientes com decisão judicial favorável, podem procurar o Núcleo, que os medicamentos estão à disposição.
“Todos os pacientes que tem decisão da justiça, que a gente já tá fazendo levantamento só que tem alguns que não estão com receita atualizada. A gente tá entrando em contato, vendo se eles estão utilizando esse medicamento ou não e aí vai poder vir aqui buscar”, explicou.

A explicação para a dificuldade em a rede pública ofertar os medicamentos está justamente no custo de cada unidade. Um orçamento apresentado pelos pacientes, comprova: Uma caixa do principal remédio micofenolato de mofetil, um imunossupressor, custa em média R$ 1000,00. Mas a quantidade por mês pode chegar a R$ 8000,00, dependendo do peso do paciente.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*