150318-politica-aymael-adailsonoliveira

“Simbolicamente”, Eymael lança candidatura no Acre

Ele se auto-intitula “novo Plácido de Castro”

O pré-candidato à Presidência da República pelo PSDC, José Maria Eymael, faz o lançamento da candidatura à Presidência da República na tarde desta quinta-feira (15) na sede da Biblioteca Pública Central, em Rio Branco. “Simbolicamente”, adianta-se o gaúcho de Porto Alegre de 79 anos. A advertência é para evitar problemas com a Justiça Eleitoral, já que o formalmente, o período de campanha ainda não começou.

Na entrevista coletiva que concedeu em um modesto hotel localizado na Rua Isaura Parente, Eymael fez uma acusação grave: fraude no sistema de votação eletrônica. Ele lembrou que em uma cidadezinha em que ele teve 200 votos em uma das eleições, no pleito seguinte teve 2.

Eymael também falou que esse cenário de (in)Segurança Pública é fruto ingerência e que a criação de um ministério específico para tratar do assunto já tinha sido uma de suas propostas de trabalho.

Calmo e simpático, ele reforçou que o Acre deve ter, sim, um tratamento diferenciado por se tratar de uma região de fronteira com os dois maiores produtores de cocaína do mundo. E, como uma espécie de “novo Plácido de Castro”, estará disposto a fazer isso uma vez eleito. Mais informações sobre a agenda do pré-candidato em instantes.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*