160119-socorroneri

Socorro Neri define equipe para os próximos dois anos

Compondo a gestão são 11 secretários

A prefeita de Rio Branco, Socorro Neri, definiu nesta terça-feira (15), os 11 secretários que vão compor a gestão municipal nos próximos dois anos. A nova estrutura é resultado da recente reforma administrativa que reduziu 12 órgãos, 132 cargos comissionados e uma economia anual de mais de 12 milhões de reais em atividades meio.

Na chefia da Casa Civil permanece o bacharel em Direito e Administração, Márcio Oliveira. A Secretaria de Finanças será conduzida por Edson Righaud, procurador jurídico do Município, com atuação na área tributária, e já presidiu a Empresa Municipal de Urbanização de Rio Branco (EMURB).

Na Secretaria de Planejamento permanece Janete Santos. Mestra em Desenvolvimento Sustentável e Políticas Públicas pela Universidade de Brasília. Santos é servidora pública estadual, lotada na Secretaria de Estado de Planejamento.

A Secretaria Municipal de Gestão Administrativa e Tecnologia da Informação será comandada pelo advogado Eduardo Ribeiro. Na Secretaria Municipal de Agricultura Familiar e Desenvolvimento Econômico assume o professor da Universidade Federal do Acre (Ufac), Elyson Souza, que é economista, com doutorado em Desenvolvimento Econômico e pós-doutorado em Economia.

A Secretaria Municipal de Infraestrutura e Mobilidade Urbana ficará sob responsabilidade do engenheiro civil Marcos Venício, que respondia pela Secretaria Adjunta de Obras Públicas. Na Secretaria Municipal de Zeladoria da Cidade permanecerá o administrador Kellyton Carvalho, que é auditor de controle externo do Tribunal de Contas do Estado.

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente continuará sendo conduzida pela advogada Paola Daniel. Na condução da Secretaria Municipal de Educação estará o professor Moisés Diniz, que foi deputado estadual e federal, com atuação voltada à educação.

A pasta da Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos ficará sob os cuidados da advogada Núbia Musis. Na Secretaria Municipal de Saúde permanece o sociólogo Oteniel Almeida, que é pós- graduado em Gerência de Cidades.

Na administração indireta as mudanças serão no Instituto de Previdência do Município de Rio Branco, que será presidido pela advogada Raquel Nogueira, que também é auditora de Controle Externo do Tribunal de Contas do Estado. Na Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito assumirá o capitão bombeiro Nélio Anastácio, que já presidiu a autarquia.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*