260117-politica-alanrick-assessoriaparlamentar

Tecnologia da Informação motiva agenda em ministério

Articulação de Alan Rick garante investimentos

Com o objetivo de estruturar o fomento à indústria de serviços de Tecnologia da Informação no Acre, buscar o fortalecimento dos investimentos nos parques industriais e popularizar as vagas dos cursos do Pronatec (Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego), o deputado Federal Alan Rick (PRB) esteve em audiência nesta quarta-feira, (25), no Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), em Brasília.

“Tratamos de propostas a serem implementadas em Rio Branco na área de tecnologia da informação através da busca de parcerias com as instituições de educação. Esse apoio vai se estender aos municípios do interior, que possuem uma pequena capacidade de investimento em tecnologia por conta dos poucos recursos que recebem, mas que, com a parceria do Instituto com o MDIC, via associação, eles também poderão ter sua área de tecnologia desenvolvida”, explica Alan.

Acompanharam o parlamentar na reunião o secretário de Ciência e Tecnologia do futuro Instituto de Ciência e Tecnologia da Informação de Rio Branco, Mafran Almeida, e o superintendente da Funasa no Acre, Raphael Bastos. Eles foram recebidos pelo Secretário Executivo, Marcos Jorge, e pelo Diretor de Tecnologias Inovadoras do MDIC, Rafael Moreira.

Para Mafran, essa parceria só vai gerar resultados positivos. “A proposta é montar uma cadeia onde se possa gerar o estimulo ao desenvolvimento da pesquisa para soluções de mercado na área de TI”, disse.

Também foi apresentada no MDIC, a realização de cursos profissionalizantes para a estrutura industrial itinerante, a popularização das vagas dos cursos do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) de áreas em que a indústria e o comércio demandem, além de criar um centro dentro do Instituto de Tecnologia que ofereça curso de Educação à Distância (EAD) para servidores e funcionários públicos.

Alan afirma que vai continuar se empenhando e acompanhando o andamento da proposta. “Vamos começar 2017 já articulando aqui em Brasília ações junto aos Ministérios para assegurarmos a execução de projetos que melhorem a qualidade de vida dos acrianos e fortaleça principalmente a indústria e o comércio”, finaliza.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*