thumb Secom35

Tião comemora redução de 35% do desmatamento no Acre

Governador falou dos números durante coletiva à imprensa

Em coletiva de imprensa na tarde desta segunda-feira (18), o governador Tião Viana, acompanhado de secretários e representantes de instituições comentou os números positivos do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), onde mostram que o Acre reduziu 35% do desmatamento em 2013.

Segundo o Inpe, o Acre reduziu de 305 Km2 em 2012 para 199 km2 em 2013. De acordo com os dados, 90% do desmatamento que ainda ocorre no Estado se concentra em pequenas áreas de produção rural, onde ainda é preciso usar o corte e a queima para plantar.

O diretor do Imac, Fernando Lima, considera que as ações de monitoramento, fiscalização e o trabalho controlado para o licenciamento ambiental e manejo da floresta contribuíram com os resultados. “As alternativas que são desenvolvidas dentro das propriedades que tem ativos ambientais e aquelas que foram desmatadas em parte, os incentivos devem continuar para que a gente reduza ainda mais o desmatamento”, disse.

Para a Secretaria de Meio Ambiente, não havia uma expectativa numérica para a pesquisa realizada anualmente, mas o resultado obtido foi satisfatório.

Apenas três Estado da Amazônia reduziram a taxa de desmatamento. Além do Acre, o Amapá e o Tocantins conseguiram resultados favoráveis. Para o governador Tião Viana, o desafio agora é continuar reduzindo o desmatamento aliando as ações com outras medidas de crescimento sustentável. “Quando nós pegamos mais de mil famílias no Juruá, e transferimos mecanização e calcário, esse é o significado. Trabalhamos várias culturas como plantas frutíferas o cocô… com peixe, suínos… diversificamos atividades e rompemos com o ciclo da pecuária, borracha e castanha”, disse.

Deixe uma resposta