thumb gov

Tião não tentou cooptar prefeitos tucanos, garante líder do governo

Astério Moreira revelou que aconteceu um movimento inverso

O líder do Tião Viana (PT) na Aleac (Assembleia Legislativa do Acre), Astério Moreira (PEN), disse que o Palácio Rio Branco em momento algum procurou prefeitos do PSDB na tentativa de cooptá-los. Segundo ele, houve o movimento inverso, com tucanos soldando assessores palacianos e a ele próprio para saber a viabilidade de suas filiações a partidos da FPA (Frente Popular do Acre).

A declaração ocorreu após os prefeitos Dr Betinho (PSDB), de Assis Brasil, e André Hassem (PSDB), de Epitaciolândia, refutarem as notícias de que já estariam com os dois pés dentro do governo. Desde a semana passada, setores da imprensa davam como martelo batido a saída dos dois gestores do principal partido adversário de Tião.

“Eles [os prefeitos] sempre nos procuraram, me procuraram. O André e o Betinho tinham interesse em vir para o governo, mas após analisarem as consequências perceberam que a mudança poderia não ser boa, já que foram eleitos no campo da oposição”, declarou.

“Em momento algum o governador Tião Viana os procurou para virem para a Frente Popular.” Apesar de não acreditar na possibilidade dos tucanos retomarem as negociações para uma possível migração, Astério diz que na política tudo é possível. O recém-criado Pros seria o porto-seguro dos gestores do PSDB.    “Depois de tudo o que aconteceu não há mais como eles estarem na Frente”, definiu o líder.

Deixe uma resposta