030817-politica-protestosaude-cedida2

Trabalhadores em saúde fazem protesto por segurança

Mobilização cobra providências já prometidas

Os sindicatos vinculados aos trabalhadores da Saúde realizaram uma manifestação em frente ao Pronto Socorro do Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco. Eles cobram do poder público a efetivação de compromissos já firmados com as categorias no que se refere à segurança das unidades de saúde pública.

Os trabalhadores já adiantaram que na quarta-feira da próxima semana (9) outro ato, com a participação de sindicatos de outras categorias, acontece em frente à Casa Rosada. A mobilização está agendada para sair da residência oficial do governador em direção ao Terminal Urbano.

A mobilização de hoje reforça o movimento nacional “Fora Barros” (relacionada ao ministro da Saúde Fernando Barros, que criticou a classe médica em recente cerimônia oficial).

“Antes, nós sentíamos orgulho em ser vigilante. Hoje, nós sentimos medo”, disse, sentando em uma cadeira de rodas, um vigilante agredido enquanto trabalhava em um hospital público. Hoje, a morte de um vigilante em uma unidade de Cruzeiro do Sul (ocorrida semana passada) foi lembrada.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*