thumb julgatre

TRE adia pela 4ª vez julgamento do prefeito de Tarauacá

Novo pedido de vista motivou adiamento da decisão

Pela quarta vez, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) adiou o recurso movido contra o prefeito de Tarauacá, Rodrigo Damasceno. Segundo o juiz que retirou o processo de mesa, o processo deve ser julgado em outro momento por questão estratégica da justiça eleitoral.

Com dois votos a favor e dois contra, o prefeito de Tarauacá Rodrigo Damasceno vai ter que esperar mais um pouco para ouvir da justiça eleitoral se fica ou não no cargo. Ele é acusado de compra de votos, distribuição de brindes, divulgação de pesquisa eleitoral não registrada, entre outros, pela coligação de Marilete Vitorino, chapa concorrente nas últimas eleições.

Na última sessão, o juiz Naiber Pontes pediu vista e adiou pela terceira vez o julgamento. Hoje, pela manhã, os magistrados se reuniram, mas Pontes retirou o processo de mesa, adiando a sentença pela quarta vez.

Segundo a assessoria do juiz Naiber Pontes o processo foi tirado de mesa por uma questão estratégica da justiça eleitoral. O TRE vai julgar na mesma data os recursos dos prefeitos Vagner Sales de Cruzeiro do Sul e Rodrigo Damasceno, de Tarauacá, por que se acaso eles forem condenados novas eleições aconteçam nos respectivos municípios simultaneamente.

Ainda de acordo com a assessoria, o julgamento deve retornar a pauta no início de dezembro.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*