duarte21082014

Veja a agenda do candidata Roberto Duarte desta Quinta

Estado deve indenizar motoristas, diz Roberto Duarte sobre caos na BR-36

 “A BR 364 é uma obra inacabada e de má qualidade. O governo tem que indenizar os prejuízos causados aos motoristas”, protestou o candidato ao Senado, Roberto Duarte, ao retornar a Rio Branco, nesta quarta-feira, depois de uma intensa agenda no Vale do Juruá. O advogado fez a viagem de carro, ida e volta, e anotou reclamações de dezenas de freteiros, carreteiros e condutores de carros de passeio – todos impacientes com a obrigação de custear problemas mecânicos causados pela buraqueira. “Esta estrada é uma das maiores vergonhas para o povo acreano”, disse..

Dentre os riscos causados aos motoristas, estão: pontes na iminência desabar, pista apartada, trechos longos sem qualquer sinalização e sem acostamento. O candidato também denuncia o aumento dos preços dos alimentos, o que contradiz a política de barateamento anunciada pelo governo do PT. “Meia dúzia de tomates está custando seis reais no mercado de Cruzeiro do Sul”, disse. “Rapaz, eu vou viver de quê? O preço do frete tá lá em cima. Nós precisamos vender. O aumento que os caminhoneiros repassam para nós , somos obrigados a repassar ao povo, infelizmente”, afirmou o verdureiro Joao Silvanio.

“Há alguns anos, os irmãos Viana, inclusive a então senadora Marina Silva, chamaram o ex-governador Orleir Cameli de ladrão porque ele estava fazendo o quilômetro de asfalto por R$ 400 mil. O então ministro dos Transportes, Eliseu Padilha, era chamado de Eliseu Quadrilha. Agora, essa mesma turma está pavimento por R$ 2 milhões um quilômetro”, lembrou o Roberto Duarte, informando que os custos da obra já chegam a quase R$ 2 bilhões.

Para o candidato, a pavimentação da BR 364 é “a maior lavandeira de dinheiro do País”. Ainda de acordo com ele, se o governo petista foi alvo da CPI das Obras Inacabadas, muita sujeira pode vir à tona. “O Canal do Panamá, considerada uma das obras mais complexas do mundo, foi concluído em dez anos. São quase 16 anos de irregularidades, que podem ser constatadas no Tribunal de Contas da União, na Polícia Federal e no Ministério Público Federal”, afirma Duarte.

Ele se comprometeu, caso seja eleito, em ajudar a concluir a obra, que diminuirá substancialmente o custo de vida dos moradores da região. O Estado do Amazonas, de acordo com o candidato, tem estradas mais complexas que a BR 364 para ser construídas e pagas em torno de R$ 1,5 milhão por quilômetro. “O Acre é um dos estados da Federação que mais se endividou, ao passo em que a qualidade de vida do nosso povo só piorou”, criticou Roberto Duarte.

Deixe uma resposta