Vereadores da capital aprovam PL que beneficia doadores de sangue

Projeto visa incentivar o crescimento de doadores de sangue e medula óssea no Estado

Nesta quinta-feira, 02, o Projeto de Lei (PL) que dispõe sobre atendimento preferencial, aos doadores de sangue, órgãos, tecidos e medula óssea, e ainda, aos inscritos no Registo Nacional de Doadores de Medula Óssea (Redome) passou por votação e foi aprovado por unanimidade pela Câmara Municipal.

Este projeto consiste em ceder atendimento preferencial e prioritário em todos os estabelecimentos comerciais, bancários, de serviços e similares no município de Rio Branco aos doadores de sangue, órgãos, tecidos e medula óssea, e aos inscritos no Redome.

A aprovação do projeto também tem como ponto positivo incentivar a população, aumentando os números de doadores no Estado, podendo assim salvar mais vidas.

“Tenho certeza que a aprovação deste projeto fará o Hemoacre receber ainda mais doadores e para aqueles que já estão lá, sintam-se reconhecidos e respeitados pelo trabalho que fazem com tanta dedicação.”, diz a vereadora, Michelle Melo, autora do PL.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), o ideal é que 3% da população de um país doe sangue regularmente. Dados do Ministério da Saúde mostram que a taxa nacional é de 1,6%. Com a pandemia da Covid-19, o risco de contágio e o isolamento social, o país registrou queda de 20% nas doações.

Já com a aprovação, o projeto será enviado para o executivo e após o recebimento, o atual prefeito Tião Bocalom, terá 15 dias úteis para sancionar ou vetar a Lei.

Deixe uma resposta