Eleições PT: Eleito presidente, Ermício terá que dividir forças com grupos menores

O mesmo PT
Independente de qual fosse o resultado de domingo nas eleições do PT a legenda que há 15 anos está no Palácio Rio Branco continuará a mesma para 2014. Defenderá a reeleição de Tião Viana e até uma chapa puro-sangue, com outro petista sendo vice-governador, como ocorreu em 2002 com Jorge e Binho Marques.

Embate
Outro embate será a corrida ao Senado. O PT já oficializou a candidatura de Anibal Diniz –suplente de Tião Viana no Senado – mesmo com ele em desvantagem nas pesquisas.

Aliados na luta
A legenda enfrentará queda de braço com o fiel aliado PCdoB, defensor de Perpétua Almeida como candidata única da Frente Popular por estar melhor posicionada nos levantamentos.

Interesses
Há quem veja na insatisfação do sindicato dos soldados da borracha com a aprovação da PEC pela Câmara na semana passada um mero jogo de interesses. Reunidos com senadores, os líderes sindicais disseram que a aprovação não é boa.

Interesses II
Há interesse do sindicato para que o Senado altere a matéria e depois ela volte a tramitar na Câmara. A razão é simples: com o fim da tramitação da PEC o sindicato perde sua razão de existir, os sindicalistas não poderão mais barganhar e fazer viagens aos EUA em nome dos pobres velhinhos soldados da borracha.

Ideias
Márcio Bittar (PSDB) e Jorge Viana (PT) voltaram a protagonizar um bom confronto de ideias ontem. Enquanto o tucano criticava mobilizações de ONFs ambientais contra a exploração de gás xisto no Acre, o senador petista comemorava a entrada em vigor do novo Código Florestal.

Técnico empate
A contabilização final do PED (Processo de Eleições Diretas) mostra que a Executiva Estadual do PT ficará bastante plural. Mesmo levando a presidência, a DR (Democracia Radical) vai precisar dividir forças com as demais tendências do partido.

Placar
Ao final, a executiva estará composta por quatro membros da DR e mais quatro divididos entre os aliados de Sibá Machado e Taumaturgo Lima. Neste empate, a palavra final é de Ermício Sena, o novo presidente da legenda até 2017.

Condução
O primeiro desafio de Ermício de cara não será fácil: conduzir o partido nas eleições de 2014. Para o Palácio Rio Branco a peleja não será tanta por Tião Viana (PT) ser o candidato natural dentro da Frente Popular. O problema será o Senado, com o PCdoB disposto a não ceder um milímetro a Anibal Diniz (PT).

Fora de hora
Flaviano Melo (PMDB), o autor do projeto de lei que restabelecia o fuso horário do Acre, não foi tolo de participar da festa da democracia patrocinada por Sérgio Petecão e companhia. O peemedebista sabe que a maioria da população estava adaptada ao “horário do Tião”, por isso carregar esta bandeira do atraso seria um tremendo desgaste político-eleitoral.

Respaldos
“Se o referendo realizado em 2010 foi um ato jurídico perfeito (e foi), a meu juízo, a realização de uma nova consulta ofenderia gravemente o princípio constitucional da segurança jurídica. E sem mais: “Deixemos de pirraça.” Declaração feita pelo advogado Edinei Muniz.

Nova consulta
Segundo informações, já existe um grupo se articulando para defender o plebiscito do fuso horário, para voltar o que estava até o dia 9 de novembro. Com quem conversei esta semana sobre a mudança, a grande maioria está insatisfeita e diz preferir a diferença de apenas uma hora em relação a Brasília.

Voo cego
O advogado Edinei Muniz afirma ter pedido com informações junto à Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) sobre pedido de informações dos voos feitos pelo helicóptero comandante João Donato. A solicitação ocorreu antes das denúncias feitas por Wherles Rocha (PSDB) de que a aeronave serviu como “táxi de luxo” no Festival Yawa.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *