CIEVS Acre emite nota sobre caso suspeito de monkeypox em escola estadual do estado

O caso suspeito se trata de um aluno da escola Anita Garibaldi

Após a divulgação em mídias sociais de que a escola estadual Anita Garibaldi registrou o primeiro caso suspeito de varíola dos macacos em um aluno, o Centro de Informações Estratégicas em Vigilância e Saúde (CIEVS) do estado do Acre emitiu na tarde desta quinta-feira (22), uma nota sobre o caso.

Em nota, o CIEVS informa que o paciente não apresentou erupções cutâneas e permanece em isolamento domiciliar, com acompanhamento do Núcleo de Epidemiologia da UPA da Sobral e dos CIEVS estadual e da capital Rio Branco.

 

Confira a nota na íntegra:

 

CASO SUSPEITO DE MONKEYPOX EM ESCOLA ESTADUAL DO ACRE

O Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde do Estado do Acre informa que o paciente tido como 1º caso suspeito em Escola Estadual no município de Rio Branco divulgado em mídias sociais, passou por avaliação médica no dia 20 de setembro na UPA do Segundo Distrito e no dia 21 de setembro na UPA da Sobral. O mesmo não apresenta erupções cutâneas passíveis de coleta laboratorial.

Na segunda avaliação médica, o paciente não foi considerado caso suspeito de Monkeypox. Devido não ter sido possível realizar coleta, o paciente segue em isolamento domiciliar, com acompanhamento do Núcleo Hospitalar de Epidemiologia da UPA da Sobral, e dos CIEVS Estadual e do município de Rio Branco.

At.te.,
Débora dos Santos
Chefe do CIEVS ACRE

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*