06072020-faixas

Governo apresenta nova classificação de municípios quanto à Covid-19

Apenas a regional do Juruá mudou para “Faixa Laranja”

Durante coletiva na manhã desta segunda-feira (6) o governo do Estado e membros do Comitê de Acompanhamento da Covid-19 informou dados da classificação do nível de risco do período de 21 de junho a 4 de julho.

Para a avaliação, o governo dividiu o estado em três regionais de saúde, são elas: Alto Acre; Baixo Acre e Juruá Tarauacá Envira. Além disso, três critérios foram avaliados: Número notificações de casos de síndrome gripal; índice de novas internações por síndrome respiratória aguda grave e índice de novos casos de covid.

“Esses três indicadores tem por objetivo perceber as pessoas que estão procurando o serviço de saúde por qualquer motivo de síndrome gripal e dessas pessoas, aquelas pessoas que estão internado por algum motivo grave, por alguma comorbidade ou por algum motivo prévio,” disse o representante da Vigilância Epidemiológica, Marcos Malvera.

De acordo com o levantamento, apenas a regional de saúde Juruá Tarauacá Envira mudou de classificação e entrou na chamada Faixa Laranja, podendo assim iniciar o processo de flexibilização do isolamento social.

“A classificação é feita através das regionais de saúde, onde a gente tem a capacidade do sistema de saúde levando em consideração os hospitais regionais. Lembrando que nesse caso cabe a cada prefeito analisar as condições estruturais do sistema de saúde, para verificar o endurecimento ou criação de medidas para controlar a situação da pandemia a nível municipal,” explicou a coordenadora do Grupo de Apoio Pacto Acre sem Covid, Karolina Sabino.

Veja como ficou a avalição por região:

Alto Acre (Assis Brasil, Brasileia, Epitaciolândia e Xapuri) apresentou redução de 42% de notificações de casos de síndrome gripal, aumento de 30% do índice de novas internações por síndrome respiratória aguda grave e aumento de 18% do índice de novos casos de Covid. A região permanece no nível de emergência (faixa vermelha).

O Baixo Acre (Acrelândia, Bujari, Capixaba,Jordão, Manoel Urbano, Plácido de Castro, Porto Acre, Rio Branco, Santa Rosa do Purus, SenaMadureira e Senador Guiomard) teve redução de 23% de notificações síndrome gripal, redução de 17% de internações e aumento de 11% novos casos de covid. A regional permanece na faixa vermelha.

Já a regional do Juruá (Cruzeiro do Sul, Feijó, Mâncio Lima, Marechal Thaumaturgo, Porto Walter, Rodrigues Alves e Tarauacá) apresentou redução de 18% das notificações de casos de síndrome gripal, redução de 14% do número de internações e crescimento de 35% de novos casos de Covid-19. Mudou para o nível de alerta (faixa amarela).

Caso algum município descumpra as determinações para a classificação na qual se enquadra, o gestor poderá ser acionado judicialmente, “havendo, o Comitê certamente pode conversar novamente com o gestor afim de demovê-lo dessa ideias, e caso persista encaminha-lo, ou tomando providências jurídicas de modo próprio, ou então representando ao Ministério Público”, explicou o promotor Glaucio Oshiro.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*