Todo Acre permanece na bandeira verde, nível de cuidado, da covid-19

Continua, portanto, todas as medidas já em vigor desde a classificação anterior

O Comitê de Acompanhamento Especial da covid-19 divulgou, por meio de nota técnica, nesta sexta-feira (26), a classificação de risco da doença no Acre, o qual todo o estado do Acre permanecerá em bandeira verde, nível de cuidado.

Segundo o documento, as três regionais de saúde do Estado, Alto Acre, Baixo Acre e Purus, e Juruá/Tarauacá-Envira, de acordo com o cenário epidemiológico e assistencial, classificam-se em nível de atenção na bandeira verde.

Permanece, portanto, todas as medidas já em vigor desde a classificação anterior, quais sejam: funcionamento dos setores e atividades comerciais e sociais com lotação de 80% da capacidade de público.

Mesmo com a manutenção das Regionais de Saúde em Nível de Cuidado, observa-se um aumento importante no indicador de Notificações por Síndrome Gripal no âmbito do Estado do Acre, motivo pelo qual este Comitê recomenda fortemente a manutenção das medidas sanitárias já implementadas até o momento e propagadas pelas autoridades de saúde, a fim de se manter o cenário epidemiológico e assistencial estável, segundo o Comitê Pacto Acre Sem Covid.

Avaliação

A avaliação do coronavírus em um local é definida por quatro níveis de risco, sendo eles: bandeira vermelha – emergência; bandeira laranja – alerta; bandeira amarela – atenção; e bandeira verde – cuidado.

Para essa definição são verificados sete índices: isolamento social; notificações por síndrome gripal; novas internações por síndrome respiratória aguda grave; novos casos por síndrome gripal covid-19; novos óbitos por covid-19; ocupação dos leitos clínicos; e ocupação dos leitos de UTI.

Pandemia

Para determinar em que bandeira cada região está, é necessário observar três indicadores: a contaminação, responsabilidade social e a capacidade de atendimento do sistema de saúde.

Mesmo classificado em bandeiras mais brandas é importante ressaltar que a pandemia contra o coronavírus não acabou, todos os cuidados e as medidas estabelecidas pela Organização Mundial de Saúde (OMS) devem continuar a serem seguidas.

Deixe uma resposta