Polícia

Após nomeação, PMAC distribui 244 novos policiais a batalhões

Foram mais de nove meses de curso e 1.600 horas/aula

Mesmo com a solenidade tradicional e demais festividades canceladas por conta da pandemia da Covid-19, os alunos do Curso de Formação de Soldados (CFSD) da Polícia Militar do Acre (PMAC) tiveram sua promoção publicada com efeito retroativo ao início do mês de abril. Agora, somam ao efetivo da corporação 244 novos soldados, que integrarão unidades de todo o Estado.

Foram mais de nove meses de curso, num total de 1.600 horas/aula, período em que os alunos receberam as mais diversas instruções teóricas e práticas, como legislações gerais e específicas de Direito, manuseio de armamento e técnicas de abordagem, além de estágio supervisionado em diferentes modalidades de policiamento.

Para a recém-formada soldado da PM, Mirlane Santos, 25, que pôde escolher o batalhão no qual passará a servir, em Rio Branco, a promoção foi um momento muito esperado, tanto por ela quanto por seus familiares. “Significa uma grande conquista, independência e crescimento pessoal, que foi fruto de estudo, dedicação e superação”, declara a militar.

Segundo o secretário de Segurança, coronel Paulo Cézar dos Santos, a utilização dos novos policiais nesse momento é extremamente importante, pois as forças estaduais estão sobrecarregadas com as atividades tradicionais e também no combate aos impactos do coronavírus.

“Esses policiais garantirão o fôlego necessário para que a Polícia Militar possa continuar realizando as atividades ordinárias e extraordinárias. É um passo muito importante para garantir aquilo que o cidadão acreano tanto necessita: ter paz, harmonia e segurança”, diz o coronel.

Após a nomeação, os recém-formados policiais militares passam a integrar definitivamente o quadro de praças da PMAC e serão distribuídos entre os oito batalhões da capital e do interior do Estado, conforme a necessidade de cada unidade operacional.