Polícia

PM e Imac encontram ramal ilegal com extração de madeira e queimadas

Ramal particular estava sendo aberto em Cruzeiro do Sul

A Polícia Militar em conjunto com o Instituto de Meio Ambiente do Acre (Imac) neste fim de semana encontraram um ramal particular recém aberto em meio a floresta na BR-364, em Cruzeiro do Sul.

As guarnições entraram no ramal e encontraram o suspeito do crime. Ao solicitar o licenciamento ambiental para desmatamento e exploração da madeira o homem informou que não possuia.

A área desmatada corresponde a extensão do ramal de aproximadamente 1.5km de distância e 3m de largura. Durante o percurso foi constatado nove pontos de extração ilegal de madeira, cinco pontos de queimadas e aproximadamente 6m³ de madeira serrada no chão.

O homem também informou que já havia vendido 15m³ de madeira para pagar parte da terra. Por causa dos crimes ambientais e do descumprimento do decreto presidencial que proíbe queimadas por 120 dias em todo o território nacional, ele foi preso.

Ainda cabe ao Imac aplicar outras medidas administrativas, caso necessário.