Quarta-Feira, 02 de Dezembro de 2020
Você está aqui: Home Polícia Justiça e Polícia Civil se enganam e soltam suspeito de feminicídio

Polícia

Justiça e Polícia Civil se enganam e soltam suspeito de feminicídio

Homem foi liberado da delegacia após audiência de custódia

A Polícia Civil do Acre liberou um homem que estava em prisão temporária e era foragido da Justiça. Tudo ocorreu por uma falta de atenção, o jovem Rodrigo Duarte Gomes foi levado para a Delegacia Central de Flagrantes por ter danificado uma cela de outra delegacia para fugir.

Em 2019 ele foi condenado a 8 anos de prisão em regime fechado por tráfico de drogas e organização criminosa, mas fugiu do Complexo Penitenciário de Rio Branco em maio desse ano.

Duarte estava preso em uma delegacia porque é o principal suspeito de outro crime, a morte da jovem Rosiane Martins Cavalcante, de 26 anos. Ele passou por uma audiência de custódia por conta do dano ao patrimônio público e a justiça acabou concedendo a liberdade provisória por este crime.

O problema é que ninguém se atentou que Duarte estava foragido e tinha a prisão temporária decretada, por conta da suspeita de feminicídio. Ele acabou sendo solto nesta semana e só depois do ocorrido que a justiça e a Polícia Civil descobriram que houve um equívoco.

A polícia admite que houve um equívoco, mas garante que foi de todas as partes. A corregedoria está apurando o caso e o foragido ainda não foi recapturado.

agazeta logotipoAv. Antônio da Rocha Viana, 1.559
Vila Ivonete - Cep. 69.914-610
Rio Branco - Acre
Tel.: (68) 2106-3050
Fax: (68) 2106-3081



Fique Conectado