Quarta-Feira, 02 de Dezembro de 2020
Você está aqui: Home Polícia Em júri popular, mãe é absolvida da acusação de matar própria filha

Polícia

Em júri popular, mãe é absolvida da acusação de matar própria filha

Crime ocorreu em abril de 2018 no município de Manoel Urbano

A jovem Kelly Melo Almeida da Silva foi absolvida em júri popular no município de Manoel Urbano nesta sexta-feira (23), do homicídio da própria filha.

A menina Kethelly Katrinny, de 1 ano e 11 meses, morreu em 25 de abril de 2018 após comer um bolo de chocolate com maconha que, segundo acusação do Ministério Público, teria sido feito por Kelly.

Por 4 a 3, o Conselho de Sentença do Tribunal do Júri da Comarca de Manoel Urbano entendeu por absolver a jovem da acusação de homicídio.

O júri popular contou com uma testemunha de defesa, uma do Ministério Público e o depoimento da mãe da criança, que inclusive passou mal durante o julgamento.

Sentença

"O Conselho de Sentença acolhendo a tese defensiva absolveu a acusada Kelly Melo Almeida da Silva. Assim, face à soberania de que gozam os vereditos do Tribunal do Júri, declaro a ré Kelly Melo Almeida da Silva, devidamente qualificada, ABSOLVIDA da imputação que lhe foi feita neste processo, conforme artigo 386, inciso VI e VII e artigo 492, inciso II do Código de Processo Penal. Autorizo que a acusada aguarde eventual recurso em liberdade. Isento a ré do pagamento das custas processuais".

agazeta logotipoAv. Antônio da Rocha Viana, 1.559
Vila Ivonete - Cep. 69.914-610
Rio Branco - Acre
Tel.: (68) 2106-3050
Fax: (68) 2106-3081



Fique Conectado