Terça-Feira, 01 de Dezembro de 2020
Você está aqui: Home Polícia MPAC pede abertura de inquérito para apurar morte de preso

Polícia

MPAC pede abertura de inquérito para apurar morte de preso

Reeducando recebeu descarga elétrica e caiu de poste

O detento Francisco Ferreira Cavalcante, de 37 anos, cumpria pena no pavilhão R do complexo penitenciário Francisco d’Oliveira Conde, mas no dia 5 de novembro subiu em um poste de energia da unidade prisional, recebeu uma descarga elétrica, caiu e em seguida morreu durante atendimento no Pronto-Socorro.

De acordo com o Instituto de Administração Penitenciária (Iapen), o reeducando possuía permissão para trabalho interno e fazia manutenções no presídio. Agora, o Ministério Público do Acre requer um inquérito policial para que se apurem as circunstâncias em que Francisco subiu no poste de energia, tendo em vista que ele não estava munido de nenhum tipo de equipamento de proteção.

O promotor de justiça, Tales Tranin, ressalta a importância do trabalho para quem está cumprindo pena até mesmo em regime fechado, mas pontua que é responsabilidade do estado oferecer as condições necessárias para a realização de tal prática.

“A gente percebe pelas imagens que ele estava com uma bermuda laranja e é sabido que quem mexe com rede de alta tensão precisa ter equipamentos necessários para lidar com isso, botina, calça, capacete, etc”, afirmou o promotor.

O inquérito policial possui prazo de 30 dias, passível de prorrogação. O objetivo é identificar o que fato aconteceu para que situações como essa não se repitam na unidade prisional.

“Então o Ministério Público quer saber em quais circunstâncias esse reeducando subiu no poste de energia, quem autorizou e por que autorizou sem as vestimentas adequadas”, concluiu Tranin.

agazeta logotipoAv. Antônio da Rocha Viana, 1.559
Vila Ivonete - Cep. 69.914-610
Rio Branco - Acre
Tel.: (68) 2106-3050
Fax: (68) 2106-3081



Fique Conectado