Polícia

Bombeiro civil é morto com tiro na cabeça na Baixada da Sobral

Criminosos estariam à procura de uma arma de fogo

O bombeiro civil Kemerson Ramon Oliveira Barroso, de 33 anos, foi morto com um tiro na cabeça na noite desta quinta-feira (14), na rua Mendes Sá, bairro Bahia Velha, região da Baixada da Sobral, em Rio Branco.

Segundo informações da Polícia Militar, Kemerson estava saindo da casa da mãe quando foi rendido por homens armados. A vítima ainda tentou fechar o portão, mas os suspeitos conseguiram entrar.

O grupo estava atrás de uma arma de fogo, pensando que a vítima se tratava de um bombeiro militar e possuía posse. Como não encontraram, atiraram na cabeça de Kemerson.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado pela família, conseguiu prestar os primeiros socorros à vítima e encaminhar ao Pronto-Socorro de Rio Branco.

“O quadro clínico dele é grave, por causa do ferimento por arma de fogo na cabeça, mas se encontra estável, após ter sido entubado. Ele foi encaminhado à sala de cirurgia e deve passar por avaliação neurológica”, explicou a médica do Samu, Michelle Melo.

Durante a madrugada Kemerson acabou não resistindo, e morreu no Pronto-Socorro. O caso agora deve ser investigado pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Até o fechamento da matéria nenhum suspeito havia sido preso ou identificado.