Política

Governo prorroga decreto com medidas de isolamento

Prazo foi estendido até 17 de maio e comércios seguem fechados

O decreto governamental que estabelece o isolamento social no Acre, para evitar a contaminação pelo novo coronavírus, teve o prazo prorrogado para 17 de maio.

A medida de enfrentamento à Covid-19 foi publicada no Diário Oficial do Estado de hoje (4), mas já havia sido divulgada pelo governador Gladson Cameli neste domingo (3).

Cameli citou que apesar de todos os esforços dos governos federal, estadual e municipal, além de grande parte da população, o Acre registrou novos casos da doença de forma acentuada, somente neste domingo foram registrados 105 novos casos.

As alterações no decreto n° 5.496, de 20 de março, preveem a reabertura gradual e programada das atividades empresariais não elencadas, a partir do dia 18 de maio de 2020, diante de alguns requisitos, como a redução contínua de novos casos nos 10 dias anteriores, em cada município.

Decreto n° 5.496
A partir de 20 de março, ficaram suspensas todas as atividades em restaurantes, lanchonetes, bares, cinema, shopping, academias, clínicas de estética, eventos religiosos, feiras, inclusive ao ar livre, e agrupamentos de pessoas em locais públicos.

Sendo liberada a prestação de serviços em estabelecimentos médicos, hospitalares, laboratórios de análises clínicas, farmacêuticos, farmácia de manipulação, psicológicos, fisioterapêuticos, vacinação humana, assim como delivery de alimentos e remédios.