Política

Forças de Segurança e TRE se reúnem para definir eleições

Neste ano, 2.229 urnas estão sendo preparadas para votação

Durante a manhã da última sexta-feira (9), representantes das Forças de Segurança do Estado do Acre se reuniram com membros do Tribunal Regional Eleitoral (TER) para definir como será a segurança no dia das eleições, no próximo domingo, 15 de novembro.

Participaram dessa articulação os representantes da Polícia Militar, Civil, Federal, do Corpo de Bombeiros, da Polícia Rodoviária Federal, do Exército Brasileiro e membros do Departamento Estadual de Trânsito do Acre.

Neste ano, um total de 2.229 urnas estão sendo preparadas para o dia de votação no Estado. Dessas, 904 urnas estarão apenas em Rio Branco e 1.352 nos demais municípios do interior.

Devido a pandemia do novo coronavírus, o Tribunal Regional Eleitoral do Acre não espera uma participação igual à dos últimos anos, mas caso haja um grande comparecimento, as equipes estarão preparadas.

Durante a reunião, foi definida a atuação das tropas federais da Polícia Federal e Exército no Estado. O encontro também serviu para determinar os locais onde as forças de segurança devem estar mais atentas. O Detran também possui um papel fundamental na tranquilidade e boa fluidez no dia de votação.

O crime eleitoral de maior incidência no dia das eleições é a boca de urna, ou seja, a distribuição e/ou veiculação de propaganda política no momento da eleição, sendo considerada um delito eleitoral no Brasil por entender se tratar de um "aliciamento de eleitores".