Sexta-Feira, 23 de Abril de 2021
Você está aqui: Home Política Decreto de medidas restritivas para finais de semana é adiado

Política

Decreto de medidas restritivas para finais de semana é adiado

Segundo governador adiamento se deve a dúvidas dos comerciantes

O governador Gladson Cameli publicou um decreto nesta quinta-feira (3) em caderno especial do Diário Oficial do Estado (DOE) que altera o decreto nº 8.231 adiando para o dia 13 de março o início da vigência das medidas restritivas específicas aplicáveis durante os finais de semana e feriados.

Em entrevista exclusiva por telefone para o jornalista Edvaldo Souza durante o Gazeta Alerta desta quinta-feira (4), o governador Gladson Cameli afirmou que o motivo do adiamento é para que a população possa se preparar melhor. “A grande dúvida dos comerciantes era o que poderia ou não funcionar durante o final de semana e feriados, então eu pedi para que o decreto restritivo fosse adiado para o dia 13, assim a equipe de comunicação tem um período para passar as informações corretas aos comerciantes e a toda a população e não restarem dúvidas” informou o governador.

O decreto nº 8.231 é mais restritivo. Aos finais de semana e feriados só estariam autorizados a funcionar farmácias, hospitais, postos de combustíveis apenas para abastecer veículos oficiais e atividades religiosas. Os serviços como delivery, táxi e carros de aplicativos também podiam funcionar durante o período, mas não poderiam abastecer os veículos.

O decreto começaria a funcionar neste sábado (6), domingo (7) e segunda-feira (8) devido ao feriado do dia das mulheres, no entanto, com o adiamento do decreto assinado pelo governador, as medidas restritivas só irão começar a partir do dia 13 de março. No entanto, o estado ainda permanece em bandeira vermelha, nível de emergência, e as medidas de segurança devem ser seguidas, como a capacidade máxima de 20% de ocupação dos espaços.

agazeta logotipoAv. Antônio da Rocha Viana, 1.559
Vila Ivonete - Cep. 69.914-610
Rio Branco - Acre



Fique Conectado